terça-feira, 4 de novembro de 2008

FENÔMENOS FÍSICOS E QUÍMICOS

ESTUDO DOS FENÔMENOS

A palavra "fenômeno" é derivada do grego e significa "toda modificação (transformação que ocorre com os corpos, alterando ou não as suas substâncias.

FENÔMENO FÍSICO é a transformação que sofre a matéria sem que ocorra alteração na Ssua estrutura íntima, isto é, sem que as propriedades identificadoras das substâncias sejam alteradas.

Os fenômenos físicos caracterizam-se por : continuidade e reversibilidade.

Uma barra metálica quando aquecida se dilata e o seu comprimento aumentará pois ele é uma função contínua da temperatura. Quando a barra sofrer o resfriamento a barra voltará ao tamanho original. Portanto, o fenômeno é reversível e contínuo.

Exemplos : dilatação, mudanças de estado físico, dissolução de sal em água, mudança da cor apresentada por algumas substâncias, a fragmentação de um pedaço de giz,etc.

FENÔMENO QUÍMICO é a transformação que sofre a matéria com alteração na estrutura íntima, isto é, são formadas substâncias com novas propriedades.

Os fenômenos químicos são chamados de "reações químicas" pois explicam a alteração ocorrida, as substâncias que sofrem a alteração são chamadas "produtos reagentes" e as substâncias formadas são chamadas de "produtos resultantes". Eles caracterizam-se por : descontinuidade e irreversibilidade.

Em presença da luz, duas gramas de gás hidrogênio se combinam com 71 gramas de gás cloro para formar o gás clorídrico que vai apresentar propriedades totalmente diferentes de seus elementos formadores. Entretanto, voltando a obscuridade o gás clorídrico não se decompõe em seus elementos caracterizando a irreversibilidade.

Exemplos : combustão, explosão, síntese, análise, fermentação, putrefação, etc.

FENÔMENO FÍSICO - QUÍMICO é aquele onde verifica-se a ocorrência simultânea de fenômeno físico e químico, ou ainda, é aquele onde a transformação física provoca uma transformação química.

Assim por exemplo, quando colocamos carbonato de cálcio em um recipiente fechado e provocamos o seu aquecimento, ocorrerá um fenômeno físico (libertação de calor) e um fenômeno químico (decomposição do carbonato de cálcio com formação de gás carbônico e água).

O fenômeno físico-químico pode ser considerado como sendo aquele que ocasiona alterações profundas nas propriedades dos corpos, porém sem chegar a mudar a natureza dos mesmos, nem admitir uma imediata reversibilidade.

A descarga elétrica provoca a transformação do gás oxigênio em gás ozônio consideramos como um fenômeno físico-químico pois ele não admite a imediata reversibilidade quando a eletricidade para de atuar e nem tão pouco há mudanças profundas nas substâncias, pois continuam sendo constituídas pelo elemento oxigênio.

Os fenômenos químicos podem ser de dois tipos : expontâneos e provocados.

FENÔMENO QUÍMICO EXPONTÂNEO é aquele onde para que ocorra basta colocar duas substâncias em contato.

A formação da ferrugem (o ferro sob a ação do oxigênio do ar forma o óxido de ferro).

FENÔMENO QUÍMICO PROVOCADO é aquele onde para que ocorra há necessidade de usar um meio externo que o provoque.

CATÁLISE é um fenômeno químico provocado, isto é, usamos um agente externo para provocar sua ocorrência.

O meio externo é chamado de "agente catalítico" ou "catalizador".

Agentes catalíticos são meios físicos que provocam uma reação química sem participar dela. Exemplos : luz, pressão, eletricidade, calor, etc.

Em presença de luz o gás hidrogênio combina-se com o gás cloro para formar o gás clorídrico. Em presença de uma faisca o gás hidrogênio combina-se com o gás oxigênio para formar a água.

Catalisadores são substâncias que provocam uma reação química sem participar dela.

A clorofila é o catalisador que faz com que a energia solar transforme o gás carbônico e a água em alimentos. A clorofila é uma substância verde que ocorre nas folhas dos vegetais.

A umidade (vapor de água) é o catalisador que faz com que ocorra a formação de ferrugem quando o ferro está no ar atmosférico.

As reações que ocorrem em nosso organismos, são na maior parte, catalisadas por substâncias elaboradas pelas glândulas. A insulina (hormônio elaborado pelo pâncreas) catalisa a queima do açúcar no organismo; a deficiência de insulina acarreta diminuição da quantidade de açúcar queimado, a quantidade excedente é eliminada através da urina, resultando uma doença conhecida por diabete.

As vitaminas, que ocorrem nas frutas e verduras frescas, não são elementos energéticos e sim catalisadores de uma boa digestão.

Nenhum comentário:

Seguidores

Arquivo do blog